06 fevereiro 2007

Como fazer de novo, só que diferente, uma coisa que você já fez um dia

Ou seja, uma releitura!

Olha que chique eu estou esta noite... tô gastando meu dicionário. Mas também depois de gastar tanta energia no meu treino de taekwondo, gastar dicionário pra mim é pouca bobagem.

Retomando ao assunto principal: minha releitura. Tem uma coisa engraçada quando você faz projetos para dar em aula. Na maioria das vezes ele fica na loja. Sim... o projeto lindinho que imaginamos, construímos e finalizamos não fica conosco, mas sim na loja! Para não ter acessos momentâneos de saudades de um determinado projeto, geralmente (e bem geralmente mesmo) eu faço uma cópia pra mim.

Nunca fica exatamente igual por vários motivos: aquele papel de bolinhas lindo acabou, a bailarina azul com bolinhas verdes não tem na quantidade de 65 que você usou no projeto original, você quer usar muito o material que comprou na semana passada e acima disto tudo está a questão que você mesma mudou.

Isto mesmo! O que lhe agradou em novembro pode não lhe agradar mais em dezembro ou janeiro. Você quer mudar, fazer diferente o que já foi feito e pronto. Este projeto por exemplo, foi dado no evento do SCRAP3 (1º edição). Gostei muito dele por causa da programação visual. Gostei mesmo! Ai resolvi conceder o benefício do "renascimento" pra ele. E ele ficou assim:

Bem diferente do original eu achei. Mais claro. Claro não só nas cores, mas claro na leitura. Usei cores mais claras contrastando com acessórios mais vivos, mais presentes. Cardstock texturizado para base e um pedaço (pedaçinho mesmo) do papel da WeR Urban Window Collection. Toda esta coleção é linda! Eu estava até com dó de usar... estava até pensando em colocar um de cada em uma moldura e pendurar no meu atelier.

Na base eu fiz umas linhas, soltas, em toda a borda. Desde o 1º evento do SCRAP3 eu "tomei gosto" por fazer isto. Usei dymo (minha paixão antiga) e mini etiquetas de roupa (minha paixão atual). Prendi a fita com bailarinas. Usei folha de caderno para o journaling. Fiz as setas no hoeller e encapei com o papel verde da minha 1º coleção. Eu simplesmente acho que este verde combina com qualquer coisa, com qualquer cor e com qualquer situação... vocês não acham?

Eu ganhei esta flor verde enoooooooorme da Fê Baraldi e guardem um segredo: eu achei que nunca fosse usá-la. No projeto original fiz uma flor com tiras de papel que fez um sucesso na aula. Na hora de fazer este projeto fiquei com preguiça (eu tenho muita preguiça sim) de cortar as "trocentas" tirinhas com 1cm de largura para compor a flor. Sai à caça de algo e a flor verde sorriu pra mim. E como eu sou uma pessoa fácil... lá foi a flor verde pro LO. Depois do projeto pronto eu achei que a flor nasceu pra ficar ali, no canto inferior esquerdo do meu projeto!

Vou me despedindo e deixo uma coçeirinha pra vocês: Que tal fazer uma releitura de uma projeto antigo hein!

2 comentários:

Bianca Sabbag disse...

Pati....que delícia ver seu blog ativo novamente!!!!!!!!
Senti sua falta!!!!
Bom ano e muito scrap!!!!!!
Beijos

Fê Baraldi disse...

Oi Amada,
Quer dizer que você achou que nunca fosse usar minha flor hein?!rs Viu só como a gente se engana!
Que bom que vc gostou! Te dei com mto carinho e tinha certeza que vc daria uma utilidade linda pra ela!
Sou sua fã! Vc é d+! Beijocas